A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) baseia-se na filosofia Taoísta como meio de encontrar o equilíbrio para o indivíduo. O resultado deste equilíbrio é análogo à saúde. E este equilíbrio acontece num sentido amplo: é o equilíbrio consigo mesmo (internamente), e com o ambiente em que se vive (externamente).

Podemos perceber pela nossa simples observação, ou pelo senso comum, como o ambiente afeta o corpo dos seres vivos: as mulheres gostam de cortar o cabelo na lua cheia, pois assim eles crescem mais rápido e mais fortes, os ursos hibernam no inverno, nos sentimos mais vivos no verão, os animais acasalam na primavera, assim como as flores desabrocham em maior quantidade nesta estação …

O meio ambientemos afeta a todo tempo. Seja pela temperatura, pela presença de mais ou menos vento, de umidade ou secura, estamos sempre sendo “invadidos” pela energia da estação. Na MTC acreditamos que estes agentes exteriores não nos afetam apenas fisicamente, mas também em forma de energia.

Para que possamos entender o que acontece em nossos corpos durante a primavera, devemos perceber o inverno, a estação imediatamente anterior. No inverno, tudo se retrai, as folhas caem, no norte os rios e lagos congelam, animais entram em hibernação, pássaros voam para o sul; em nosso corpo, a energia retrai e se aprofunda, alojando-se próximo dos ossos.

A energia da primavera, vem tirar os seres de sua letargia; é com a energia da primavera, que as plantinhas do norte encontram força para crescer por entre a neve. É a energia da primavera que traz o urso de volta de sua hibernação, e que devolve o verde à relva. A energia da primavera é a energia do crescimento!

Parece realmente uma coisa boa, crescer. Mas se há um crescimento desenfreado, por conta do excesso desta energia presente no ambiente, o resultado não é nada positivo. Ficamos muito mais elétricos, os tendões doem, a TPM e a menstruação propriamente dita podem vir com o dobro da força, ficamos muito mais irritados e nervosos, levando à uma notável instabilidade …

Na cultura milenar da MTC, cada órgão do corpo tem seu elemento, seu sabor, sua cor, seu posicionamento yin-yang, sua erva, e sua estação. No caso da primavera, é o Fígado o órgão que representa esta estação, e é diretamente afetado por ela. Se a energia do órgão estiver fora de equilíbrio, seja por falta ou por excesso, o fígado sofrerá, e o corpo virá a refletir imediatamente o excesso de energia presente no meio, sob a forma de patologias energéticas, não energéticas, ou desequilíbrio emocional.

O Fígado na MTC (medicina tradicional chinesa) segundo Giovani Maciocia:

O Fígado é um dos órgão de maior importância na MTC; não obstante é chamado de o general do corpo humano. É considerado o principal “planejador” do organismo por intermédio de sua influência no que tange a direcionar a energia no caminho correto (dentro do corpo), e fazer com que a mesma flua suave. Em um aparelho, quando enviamos uma carga de energia maior do que a resistência elétrica suporta, ele “queima”. Em nosso corpo, quando está fluindo uma carga incorreta de energia (CHI), o organismo fica irritado, propenso a acessos de raiva.

O Fígado (GAN) tem ainda algumas funções básicas, e de enorme importância: armazenar e regula o sangue (XUE) e assegurar o fluxo suave de energia por todo organismo. É também protagonista em recuperar a energia (CHI), e coadjuvante em estabelecer resistência (junto com a energia de outros órgãos) contra fatores patogênicos externos. É o mestre dos tendões, manifesta-se nas unhas, abre-se nos olhos e abriga a alma etérea (HUN).

Por exemplo quando um organismo recebe uma certa carga de veneno, drogas, ou encontra-se alcoolizado, é o fígado o principal protagonista em eliminar a ameaça do organismo.

Quando falamos em Primavera afetando então ao Fígado (GAN), falamos de algumas patologias clássicas como excesso de nervosismo, piora nas questões pré-menstruais, tendinintes, alergias (há muito vento e muito pólen no ar), AVCs e outras. É a energia da madeira que está em excesso no ambiente!

Para cada uma destas patologias e para cada uma das desarmonias citadas, existe uma erva, um chá, um óleo essencial e um ponto de acupuntura que tem o poder de equilibrar. Procure a medicina chinesa para ter uma vida mais equilibrada e harmoniosa!

Marque sua consulta com a www.acupunturaterra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre Acupuntura Terra

Marco Terra,  tem ajudado milhares de pessoas a encontrarem seu equilíbrio por intermédio da MTC – Medicina Tradicional Chinesa. Este conhecimento milenar tem se mostrado a cura para muitas mazelas da vida Modena.

Horário de atendimento:

Segunda a Sexta: 10:00h até  22:00
Sábado: Das 9:00h até 13:00
Domingos: Sob consulta